Mídia / Notícias do Setor / 5 dicas de empreendedorismo do Presidente Global da Cabify

5 dicas de empreendedorismo do Presidente Global da Cabify

Data:15/08/2018

Segundo levantamento do Sebrae, em 2016 o Brasil tinha quase 50 milhões de empreendedores. Outro dado interessante vem da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE, que aponta que o número de trabalhadores autônomos com CNPJ chegou a 4,244 milhões de pessoas em 2016. São dados que mostram a força empreendedora do País e como o brasileiro tem se reinventado mesmo em momentos de crise.

Aliado a isso, há a nova economia, a chamada “economia criativa” que, segundo dados recentes, movimentou mais de R$ 150 milhões em 2016 e cresceu mais de 70% em 10 anos. São empresas e atividades nas quais a criatividade e o capital intelectual são a matéria-prima para o desenvolvimento de novos produtos e oferta de bens e serviços.

Para Ricardo Weder, Presidente Global da Cabify, o “boom” do empreendedorismo e da economia criativa no Brasil tem motivo: “o Brasil é um país enorme e incrível para empreendedores tentarem fazer coisas novos e novos negócios”. Pensando nisso, listamos 5 dicas do Presidente da Cabify para os empreendedores brasileiros.

É importante encontrar sua paixão e fazer o que gosta

Para que algo dê certo e prospere é preciso haver paixão. É preciso encontrar o que se gosta de fazer e entender qual o propósito que te motiva. Só assim o empreendedor vai levantar da cama, logo cedo, pensando no que fazer para melhorar o mundo e como sua empresa vai ajudar nisso, apesar de todos os desafios que muitas vezes podem parecer insuperáveis.

Sacrifícios são necessários e as apostas estão contra você

Tenha foco! Tudo está contra você e sacrifícios são necessários. O que você está disposto a sacrificar para que seu negócio dê certo? A vida do empreendedor não é fácil, por isso, saiba lidar com o stress e com as adversidades – que serão muitas – e tenha sempre a mente aberta para trabalhar com as mais diferentes situações. Se um resultado for negativo, entenda o motivo rapidamente, transforme em aprendizado e até mesmo em um diferencial.

A solução proposta deve inovar e valer a pena para o mercado e pessoas

Sua empresa deve oferecer uma solução ou produto que faça diferença no mercado e, principalmente, para as pessoas. É preciso que a solução agregue valor para o dia a dia das pessoas, só assim ela realmente se tornará uma inovação. Talvez, o consumidor ainda não saiba que a vida pode ser simplificada por uma ideia inovadora, mas entenda como se comunicar com ele e poderá ter um usuário e fã. A Cabify, por exemplo, busca melhorar a mobilidade urbana e temos políticas rigorosas para garantir isso aos usuários e aos motoristas parceiros. Hoje, eles reconhecem isso e entendem o valor agregado em nosso serviço.

O Brasil é a terra das oportunidades, mas tem as características próprias. É preciso ter atenção

O Brasil é um país enorme e incrível para empreendedores que buscam fazer coisas novas e soluções inovadoras. O brasileiro é receptível e gosta muito de testar novidades, principalmente inovações tecnológicas, por isso, é mais simples conquistar consumidores/usuários. No entanto, diferente de outros países da América Latina, a grande dificuldade no Brasil é reter o consumidor, fazer com que ele se torne um cliente recorrente. Se a qualidade é seu diferencial, será que deve entrar em uma guerra de preços e investir apenas em descontos? Será que a experiência não deve ser privilegiada?

Motivação x Dinheiro? Foco na motivação!

Quando estiver pensando que tipo de empresa abrir e colocar na balança aquilo que você gosta e deseja (a motivação) contra recursos financeiros em curto prazo, opte pela motivação, sempre. É importante pensar a longo prazo e natural que o empreender busque ansiosamente recursos financeiros para tracionar o negócio. Entretanto, ele não pode deixar de construir um negócio com base sólida, trabalhando pensando no futuro da mesma, que é o que realmente importa.

Fonte: Startupi